• dr. saulodentista

Saulo Dentista: documento pedindo explicações sobre uso de verba do Fundo do Idoso é aprovado

Atualizado: 14 de Fev de 2019

O vereador Saulo Teixeira Alberto da Costa, Dr. Saulo Dentista, conseguiu a aprovação nesta terça-feira (12) do requerimento que pede explicações ao Executivo sobre o uso indevido de R$ 7.800,00 de um total de R$ 800 mil do Fundo do Idoso, provenientes de uma parceria com o Instituto Itaú e que deveria ser utilizado somente para atender às necessidades de instituições assistenciais aos idosos de Poá. O requerimento foi aprovado por 9 votos a 5.

Em seu discurso no plenário, o vereador Saulo Dentista explicou que procurou o Conselho Municipal do Idoso em novembro do ano passado para obter informações sobre como estava sendo utilizado o recurso de R$ 800 mil do Fundo do Idoso - sendo que R$ 300 mil foram destinados ao Centro Dia do Idoso e R$ 500 mil ao Lar Mãe Mariana. “Também perguntei se era do conhecimento dos membros do Conselho o uso de R$ 7.800,00 para o pagame


nto de uma profissional que teria ministrado uma palestra entre os dias 25 e 28 de setembro, no Cantinho da Melhor Idade, em Poá, cujo tema era “Álcool, Prevenção, Causas, Efeitos e Conscientização sobre a Doença”.

“Ocorre que, além do Conselho não ter sido notificado do uso deste recurso, também fui informado por membros do Conselho do Idoso, no dia 11 de novembro de 2018, de que, até aquele momento, o Poder Executivo não havia prestado contas do uso dos R$ 300 mil revertidos ao Centro Dia. Então, decidi apresentar um requerimento pedindo explicações ao Executivo poaense, até porque, segundo informações obtidas por meio de pessoas que circulam pelo Cantinho da Melhor Idade, essa palestra não aconteceu, mas nós pagamos por ela”, enfatizou.

Na tentativa de minimizar os efeitos desse procedimento absurdo, já que esses R$ 7.800,00 foram retirados dos quase R$ 22 mil de juros da aplicação dos recursos provenientes do convênio com o Instituto Itaú, o Executivo municipal tratou de realizar, às pressas, o ressarcimento do valor retirado indevidamente da conta do Fundo do Idoso. “Quero deixar claro que a formalização de documentos como esse é a principal maneira de exercer nosso poder de fiscalização, mediante sua aprovação”, frisou o vereador.

Equívoco

Na reunião do Conselho Municipal do Idoso do dia 17 de novembro de 2018, representante da Secretaria de Assistência Social da  Prefeitura de Poá admitiu que houve um equívoco. “Já pedimos o estorno desse montante de R$ 7.800,00 para a conta do Conselho do Idoso. Foi um erro no orçamento da dotação”, disse, acrescentando que a secretaria sempre realiza palestras, entre outros eventos voltados aos idosos.

Votação

Colocado em votação, o requerimento elaborado pelo vereador Saulo Dentista ao Executivo poaense para obter maiores informações sobre o uso dos recursos do Fundo do Idoso obteve 9 votos a favor e 5 contra, sendo que votaram contrários os vereadores Garcez do Proerd, Júnior da Locadora, Lázaro Borges, Zé Carlos Maçã do Amor e Welson Lopes. Já o vereador Deneval Dias se absteve da votação e o Marcílio Duarth não estava no plenário.



Texto: Vania Sousa - assessoria de imprensa

      Tel: 11 -96565-4394

Foto: Eder Cruz

85 visualizações

Fale com Saulo Dentista

 
icone-facebook.png
marca.png