• dr. saulodentista

Saulo Dentista indaga gastos com Hospital de Campanha

O vereador Saulo Teixeira Alberto da Costa (DEM), Dr. Saulo Dentista, participou nesta terça-feira (05) de uma live, organizada pelos vereadores membros da Comissão de Educação, Saúde e Assistência Social, com a presença da secretária municipal de Saúde, Flávia Verdugo, e sua equipe. Na ocasião, foi formada uma mesa redonda, composta pelos vereadores da Comissão: Saulo Dentista, Marinho do Jornal e Edinho do Kemel, onde eles puderam fazer perguntas à secretária da Pasta. O assunto principal foram quais as ações estão sendo viabilizadas no combate à Covid-19; e como estão sendo administradas as verbas recebidas para a compra de insumos, Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e para a montagem do Hospital de Campanha, que começou a funcionar na sexta-feira passada (1).

Saulo Dentista foi o primeiro a indagar a secretária Flávia sobre o assunto Covid-19, contudo, ressaltou sua coragem diante dos desafios da Pasta: “Gostaria de parabenizá-la pela sua determinação e coragem”. Em seguida, citou um dos motivos da live, que seria esclarecer alguns pontos que foram levados ao prefeito Gian Lopes por meio de ofícios, sem que obtivesse respostas. “A começar pela formação da equipe, a forma de contratação e a compra de materiais com dispensa de licitação, o que precisamos nesse momento é transparência. Peço que tudo o que se refere à pandemia, desde a contratação de mão-de-obra, compra de insumos, equipamentos etc, sejam comprovados por meio das cópias desses contratos.” Após ouvir da secretária que isso só seria possível por meio de documentos, ficou acertado que o vereador elaboraria um ofício, assinado pelos outros membros da Comissão, a fim de encaminhar à Secretaria de Saúde.

O vereador do democratas perguntou, ainda, se realmente o Centro Municipal de Especialidades (CEME) era o único local na cidade adequado para a instalação do Hospital de Campanha e se não seria melhor a Praça de Eventos, que é um local muito mais amplo, e que, nesse caso, não seria necessário suspender o atendimento no CEME. Sobre isso, Flávia Verdugo respondeu que o CEME atende todas as determinações dos órgãos de Saúde, além da proximidade com o único hospital regional de Poá, o Guido Guida – também conhecido como Medina. “Houve uma determinação do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual da Saúde com relação à reorganização das agendas de especialidades, em virtude da pandemia. Mas os munícipes não estão sem o serviço, pois estamos fazendo o atendimento remoto e as demandas são encaminhadas ao Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE), anexo ao Centro de Saúde II, o CSII”, explicou.           

O vereador também perguntou se, em caso de superlotação do Hospital de Campanha, já existe um plano B. “Sim, inclusive, vamos receber mais dez respiradores, além de toda a estrutura do governo do Estado para ampliarmos os leitos de UTI”, disse Flávia. Atualmente, o Hospital de Campanha conta com 30 leitos, sendo 10 de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 20 para internação e observação, em casos de pequena e média complexidade.

Poá tem, atualmente, 368 casos suspeitos de coronavírus e 8 óbitos.  

EPIs

Outra preocupação do vereador Saulo Dentista é com relação à saúde e à segurança dos funcionários que estão na linha de frente no combate ao coronavírus. Sobre isso, a equipe da Saúde de Poá garantiu que há máscaras e outros equipamentos de proteção suficientes para atender à demanda de profissionais. “A cidade hoje está equipada e provida de EPIs e a troca de máscaras está sendo feita a cada 4 horas, conforme determinação dos órgãos de Saúde”, disse Fabiane Ferri, diretora de Vigilância Sanitária em Saúde de Poá.

Raio X quebrado

Dr. Saulo Dentista também indagou da equipe da Saúde municipal o fato de o equipamento de raio X do Hospital Guido Guida estar quebrado, embora a tomografia seja o exame mais indicado em casos de Covid-19. Flávia explicou que o Guido Guida e o Hospital de Campanha contam com um aparelho portátil, que estaria disponível para atender as duas unidades. “O aparelho que está sendo usado tem sido devidamente higienizado, mas já providenciamos todos os trâmites administrativos para que ainda esta semana o equipamento esteja consertado”, garantiu. Já os pedidos de tomografia estão sendo encaminhados à Central de Regulação – CROSS, do SUS.

Verbas

A secretária de Saúde de Poá também foi indagada pela Comissão quanto aos valores recebidos para investimentos nas ações de combate à Covid-19. Segundo ela, o setor recebeu cerca de R$ 1,69 milhão em verbas dos governos estadual e federal. Desse montante, R$ 932,2 mil vieram do governo do Estado para a contratação de profissionais do Hospital de Campanha por um período de três meses. Ao todo, 40 pessoas foram contratadas para a unidade. Outros R$ 66,9 mil foram disponibilizados pelo Estado para a compra de aventais. Já o governo federal fez repasses de R$ 233 mil via Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), que foram utilizados na compra de testes rápidos, coberturas para óbitos, termômetros, máscaras etc. Mais R$ 100 mil para a aquisição de álcool gel e outros insumos. Poá ainda recebeu mais R$ 364 mil do governo federal para a compra de testes da Covid-19 e outros EPIs. “Com esses repasses, foi possível abastecer toda a nossa rede de Saúde”, enfatizou a secretária, acrescentando que a Pasta sofreu com a redução de verbas no orçamento deste ano, de R$ 110 milhões em 2019 para R$ 63 milhões em 2020.  

Outros repasses

É importante lembrar que, desde que a pandemia da Covid-19 chegou ao Brasil, e consequentemente a São Paulo, onde foi registrado o primeiro caso da doença, vários esforços vêm sendo dispendidos para o combate ao vírus. Sendo assim, muitos políticos da região têm direcionado verbas dos governos federal e estadual para atender à demanda. No total, Poá estaria na lista para ser contemplada com R$ 1,75 milhão. Todos esses recursos, provenientes de emendas, são direcionados ao combate e tratamento do coronavírus.


5 visualizações

Fale com Saulo Dentista

 
icone-facebook.png
marca.png