• dr. saulodentista

Saulo Dentista: “Todos devem se engajar na luta contra o suicídio”

Em setembro de 2017, a Câmara Municipal de Poá aprovou o Projeto de Lei nº 068/2017, de autoria do vereador Saulo Teixeira Alberto da Costa (PSL), Dr. Saulo Dentista, que criou a “Semana de Valorização da Vida”. O mês foi escolhido em razão do Dia Mundial da Prevenção ao Suicídio, celebrado todo ano no dia 10 de setembro, tendo como objetivo conscientizar as pessoas ao redor do mundo que o suicídio pode ser evitado, por meio de campanhas e ações que promovam a saúde mental, dando destaque aos centros e instituições que ofereçam ajuda a quem precisa.


A data tem o apoio da Associação Internacional para Prevenção ao Suicídio e a Organização Mundial da Saúde (OMS) como co-patrocinadora. Alguns sintomas como isolamento, perda de interesse por atividades e frases como “preferia estar morto” ou “quero desaparecer” podem indicar a necessidade de ajuda por parte da pessoa depressiva ou com algum tipo de distúrbio mental.


Segundo o vereador, a data deveria ser melhor divulgada e o tema debatido com mais veemência entre os órgãos municipais competentes e secretarias de saúde da região do Alto Tietê. “Este projeto tem como objetivo uma maior reflexão e conscientização sobre esse tema, valorizando a vida humana”, explica o autor do projeto, que foi aprovado por unanimidade e cuja lei municipal 3.972 foi sancionada em 20 de outubro de 2017.


Na “Semana de Valorização da Vida”, deve-se utilizar iluminação, laços e outros adereços na cor amarela, que, segundo o site do Centro de Valorização da Vida (CVV), representa a vida, luz e sol.

Contudo, é preciso criar estratégias de combate ao suicídio, que, só no Brasil, vitima cerca de 11 mil pessoas por ano. Outras estatísticas mostram um cenário ainda mais preocupante: a cada 40 segundos, uma pessoa se mata no mundo, quase 1 milhão por ano. Segundo dados do Centro de Valorização da Vida (CVV), 32 brasileiros se suicidam por dia, a maioria por falta de atenção por parte do poder público.


A data

Em ação desde 2015, o Setembro Amarelo foi criado pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). Durante todo o mês, monumentos em diversas cidades adotam a cor amarela em suas fachadas para dar visibilidade à causa.


Prevenção

Segundo a OMS, mais de 90% dos casos de suicídio estão associados a distúrbios mentais e, portanto, podem ser evitados se as causas forem tratadas corretamente. “É preciso perder o medo de se falar sobre o assunto. O caminho é quebrar tabus e compartilhar informações”, defende o CVV em seu site. “Já está mais do que na hora de falarmos abertamente sobre esse assunto, para que mais pessoas possam ser ajudadas e tratadas, evitando que as estatísticas aumentem ainda mais”, completou o vereador.   


Precisando conversar, ligue 188 ou acesse www.cvv.org.br. Uma ligação pode salvar vidas. “Falar ainda é a melhor solução”.


(Fontes: Sites do CVV e do Estadão)


VS Comunicação Assessoria

Texto e fotos: Vania Sousa - (11) 96565-4394



5 visualizações

Fale com Saulo Dentista

 
icone-facebook.png
marca.png